nome

senha










e-mail de destino

 Subscrever
 Remover











Eventos e iniciativas

Acções de formação contínua e efeitos das faltas por motivos de saúde na avaliação do desempenho: SDPA reclama não penalização dos docentes



O SDPA não pode admitir que os docentes sejam penalizados na sua avaliação quando, por motivos de saúde, não perfazem acções de formação contínua. Conheça o ofício remetido à SREF

Verificando-se a ocorrência de situações de docentes que, pelo facto de se encontrarem em situação de doença, devidamente atestada (alguns designadamente por efeito da Gripe A, sem que os serviços de saúde possam publicitar essa condição específica), ficam impossibilitados de frequentar as acções de formação para que estavam inscritos e, concomitantemente, de obter a correspondente certificação da acção/curso, o SDPA requereu à SREF que esses casos sejam considerados como de não frequência de acções de formação contínua, por motivos justificados, afastando-se a aplicação da classificação de 0 (zero), não se penalizando injustamente os docentes que, por motivo de doença, não possam frequentar ou concluir acções de formação contínua em que se encontrem devidamente inscritos.



Imprimir Noticia   
A- | A+


































Copyright © 2002-2008 | Sindicato Democrático dos Professores dos Açores | Todos os direitos reservados
Avisos Legais e Política de Privacidade | Envie um e-mail para sede@sdpa.pt com as suas questões ou comentários
Design: Pedro Ventura | Web Development: Anfibios, Lda